Errais por não conhecerdes as Escrituras! - Jesus Cristo

domingo, 5 de março de 2017

Nasce Israel

Josué vibra quando vê as fortes muralhas de Jericó virem ao chão, derrubadas pelo braço poderoso do Altíssimo!



E Josué, que será o primeiro líder e juiz da nação que começa se formar, continua à frente, confiando em Adonai e fazendo as guerras que tinha que fazer. Num entardecer, quando andava andava pelo acampamento, viu uma figura que não pode distinguir. Então perguntou se era amigo ou inimigo. E o vulto, que foi crescendo e se destacando à frente de Josué, disse que era o Príncipe dos Exércitos do Senhor e mandou Josué tirar as sandálias, por quê aquele local agora era santo. Josué obedeceu, e caindo de joelhos, perguntou o que o Senhor mandava dizer a ele. Mas a narrativa termina aí e não se sabe o que o Príncipe, que era Miguel (que depois voltaria à Terra como Jesus), respondeu.
  Mais tarde o sucessor de Moisés ainda recebe um “puxão de orelhas” do Senhor que disse que Josué poderia ter conquistado muitas outras terras, e que agora já não poderia mais, pois estava velho...
 Mesmo assim, uma das primeiras batalhas de Josué e os guerreiros israelitas – e depois uma ao final das conquistas, são épicas, como a conquista de Jericó, onde Adonai, após o toque das trombetas dos sacerdotes, faz cair o grande muro da cidade, deixando que o Exército de Israel entrasse. Josué mandou que todos da cidade de Jericó, homens, mulheres, crianças e animais, fossem mortos e que nenhum soldado tomasse nada dali, como era costume antigamente os vencedores tomarem o espólio (ou despojo) do inimigo. A cidade e tudo quanto havia nela queimaram a fogo,  tão somente a prata, e o ouro, e os vasos de bronze e de ferro, colocaram-nos no tesouro da casa do Senhor. Apenas foi poupada naquela cidade a vida da meretriz Raabe e da sua família, pois ela escondera os espiões de Israel quando eles estiveram em missão em Jericó. E, quando Raabe os ajudou a fugir, fez com que jurassem poupar a vida dela e de sua família. E assim O Senhor permitiu que uma meretriz morasse no acampamento do Seu povo, pois ela temeu o Deus de que ouvira falar, como também o Exército de Josué.
  Josué também lançou uma maldição sobre Jericó, dizendo que quem começasse a reconstruí-la, perderia seu primogênito e ao colocar a última porta, morreria também o filho mais novo. E assim se deu, anos mais tarde, quando Jericó foi reconstruída...
  Outra batalha fenomenal se deu quando Josué e seus soldados perseguiam seus inimigos e o dia começou a findar. Josué olhou para o céu e não pensou duas vezes, dando ordem ao sol para parar onde estava e que a lua se detesse, até que Israel alcançasse seus inimigos. E assim aconteceu, ficando na história como o dia que o Senhor atendeu às ordens que um homem dava a duas de suas grande obras, o sol e a lua. E o Senhor fez eles pararem...
  Assim, conquistadas várias terras e mortos muitos inimigos de Israel, Josué faz a divisão das terras entre as tribos, sendo que a tribo de Levi não terá terra, como foi explicado em posts passados, pois ficará em Jerusalém prestando serviços religiosos ao Senhor. A tribo de Judá ficará com as terras onde se encontra a Cidade Santa. Calebe, por ordem do Senhor, recebeu terras entre a tribo de Judá e as demais tribos se espalharam pelas terras que juntas formaram a grande nação de Israel. E Israel se tornou um império e o terror do Senhor se espalhava sobre as outras nações.